Cesariana: uma escolha minha!
[ editar artigo]

Cesariana: uma escolha minha!

Olá mamães, hoje vim contar um pouquinho sobre minhas duas experiências com a cesariana, que é muito questionada hoje em dia.

Tenho duas meninas, uma de dez anos e outra de quatro. Ambas nasceram por cesariana. A gravidez da mais velha foi super tranquila, exceto pelo fato da minha pressão ter ficado levemente alterada.

Ser mãe sempre foi o meu maior sonho, mas nunca desejei ter parto normal. Já logo na primeira consulta com a médica falei que queria cesariana. Não tenho nada contra o parto normal, de forma alguma, mas sempre fui "mole" pra dores muito fortes.

Minha filhota nasceu com 37 semanas, tive que antecipar o parto por causa da pressão alta. Mas o parto cesária foi tranquilo e o pós operatório, sim é um pouco dolorido, mas nenhum bicho se sete cabeças. Ela chegou ao mundo pesando 3.610 kg e medindo 51 cm. Nasceu perfeita e saudável.

Minha segunda filha, minha caçulinha, foi um pouco complicado. Antes de engravidar dela, tinha sofrido um aborto natural no primeiro trimestre. Fiquei triste, nunca esperamos que vamos passar por isso, mesmo estando bem no comecinho da gravidez. Enfim, passado os três meses após o aborto (não precisei de curetagem) engravidei da minha pequena. Só que também no primeiro trimestre tive sangramento, fui pra maternidade. Fiz ultrasson e estava tudo bem, foi um descolamento. Ufa!

A gravidez foi tranquila e o parto já estava agendado.  Mas para a minha surpresa, minha pequena quis nascer dois dias antes do combinado. No meio da madrugada minha bolsa estourou e comecei a ter contração (nunca tinha imaginado ter contração, já que sempre optei pela cesariana). Fui para a maternidade e a dor só aumentando, pela primeira vez na minha vida eu desejei uma anestesia. 

Já no centro cirúrgico, sem dor e minha pequena pronta pra vir ao mundo, tive uma aderência na cicatriz da primeira cesariana, dificultando o corte para a abertura da segunda cesária. Foi bem complicado, perdi sangue... mas enfim, no final deu tudo certo. O pós operatório também foi super tranquilo.

Minha pequena nasceu também com 37 semanas pesando 3.685 kg e medindo 50,5 cm.

Nos dois casos, mesmo que eu tivesse optado pelo parto normal, eu não teria conseguido. 

Seja por parto normal ou cesariana, somos mães do mesmo jeito e não tem coisa mais emocionante no mundo do que ouvir aquele chorinho quando nossos tesouros nascem.

Andreza Nalini

Comunidade Bebê 123
Andreza Nalini
Andreza Nalini Seguir

Mídias Sociais- Netser

Continue lendo
Indicados para você