[ editar artigo]

Como prevenir e tratar as assaduras do bebê?

Como prevenir e tratar as assaduras do bebê?

Uma pele delicada em contato com urina e fezes, e ainda abafado pela fralda. Não é para menos que os bebês vez ou outra terminem com assaduras. A superfície do local não suporta e acaba inflamando, causando muito desconforto para o recém-nascido. A assadura é uma das grandes preocupações que os pais têm com seus filhos, principalmente nos primeiros meses. Mas é possível diminuir bastante as chances desta dermatite aparecer no bumbum do bebê.

Como prevenir assaduras no bebê?

Para prevenir, o primeiro cuidado é trocar as fraldas várias vezes ao dia. Os pediatras recomendam no mínimo oito trocas diárias. O objetivo é não deixar a fralda com urina ou fezes por muito tempo em contato com a pele do bebê, o que aumenta as chances do abafamento e a contaminação de bactérias e fungos atacarem sua pele. Por isso, após as mamadas, momento em que a criança geralmente urina ou evacua, coloque uma fralda nova. E quando notar que a fralda está cheinha, corra também trocar. 

Outro cuidado essencial é usar fraldas de qualidade, sejam descartáveis ou de pano. Elas devem ter alto poder de absorção, mas que deixem a pele respirar. Procure usar marcas conhecidas e fuja de produtos que não tenham uma procedência conhecida e garantida.

Fazer uma boa higiene no bumbum do bebê também é imprescindível. Lenços umedecidos, paninhos, algodão com água, vale tudo para deixar o local limpinho. E depois, passe uma boa camada de pomada ou cremes que previnem as assaduras. Há várias marcas no mercado e você deve conversar com o seu pediatra para escolher a melhor para o seu filho. Vale lembrar que no mercado existem produtos para prevenção e para o tratamento. Se a pele do bebê está saudável, use apenas a de prevenção. 

Como tratar assaduras no bebê?

Caso apareça uma assadura – a pele da região ficará bem avermelhada e o bebê estará irritadiço – o melhor é agir rápido. Não se culpe. Há outros fatores que podem permitir a presença da assadura, como a imunidade baixa por conta de viroses e resfriados e até mesmo uma mudança na alimentação que deixe as fezes mais ácidas.

Se a pele da região do bumbum começar a ficar muito vermelha e irritada é sinal de que está inflamada. O ideal é lavar o local delicadamente com água morna e um sabonete neutro. Aumente o numero de trocas das fraldas nessa fase. Mas também é bom deixar o bebê por alguns minutos sem nada para a pele da região ventilar, principalmente se estiver na época de calor. 

Quando a assadura aparece você deve trocar o creme de prevenção por um que trate a assadura. Geralmente eles possuem substâncias capazes de regenerar e hidratar o local. Eles não devem possuir corantes, perfumes e precisam ser hipoalergênicos. Só use produtos com antifúngicos ou antibióticos caso seu médico prescreva. Na maioria das vezes não há necessidade deles.

Antigamente muitas famílias usavam talcos na hora de trocar as fraldas com a ideia de que isso manteria o local seco e diminuiria os riscos de assaduras. Mas atualmente os especialistas desaconselham essa prática pois o talco pode deixar o bumbum mais irritado. Sem falar no perigo das partículas do produto serem aspiradas pelo bebê. Também não é indicado o uso de misturas caseiras, usando amido de milho, por exemplo. Os ingredientes não são apropriados para se usar na pele de bebês e pode piorar o quadro.

Caso a assadura não melhore depois de um dia de tratamento, procure o seu pediatra. A inflamação da pele do bumbum é bastante dolorida para o bebê e pode até causar febre. O médico saberá avaliar as causas e o melhor tratamento caso seja uma assadura mais grave. 

 

Beijos e Até!
Vanessa Motta

Comunidade Bebê 123
Vanessa Motta
Vanessa Motta Seguir

Mãe de duas princesas que são a minha vida, Malu e Valentina ❤ Apaixonada pelo companheiro que Deus colocou no meu caminho. Gosto das coisas simples da vida, aquelas que tem um valor inestimável e que só podem ser guardadas no coração.

Ler matéria completa
Indicados para você