[ editar artigo]

Dúvidas comuns na hora de trocar a fralda do bebê

Dúvidas comuns na hora de trocar a fralda do bebê

Trocar a fralda do bebê nos primeiros dias parece ser muito difícil e é perfeitamente normal que nós pais fiquemos um pouco atrapalhados na hora da troca, mas não demora muito esta rotina vai ficando cada vez mais prática e vamos tirando esta tarefa de letra.

Algumas dúvidas também são bastante comuns neste comecinho, separei aqui algumas das principais perguntas que pais e mães acabam sempre fazendo para deixar esta rotina de cuidados e higiene do bebê mais tranquila.

Qual a melhor fralda para o bebê?

A melhor fralda é aquela que se adapta melhor ao seu filho, que não deixa vazar o xixi e nem o cocô na roupa, também é importante que não deixe a criança assada com frequência mesmo quando as mamães tomam todos os cuidados. A fralda ideal precisa ter uma boa capacidade de absorção e ser ventilada para que a pele do bebê possa respirar e evitar as incômodas assaduras e o mais importante, que não cause alergias na pele.

Com qual frequência devo trocar as fraldas?

O acúmulo da urina e a presença das bactérias nas fezes podem irritar a pele e provocar assaduras, o ideal é que a fralda seja trocada sempre que estiver com muito xixi ou cocô, para ter uma ideia da frequência com que a fralda será trocada é necessário conhecer o ritmo de cada criança, no caso dos recém nascidos as fraldas são trocadas mais vezes, sempre antes ou após a mamada (o que funcionar melhor para cada bebê). Quando estão maiores, o intervalo das mamadas vai ficando mais espaçado e a troca das fraldas também.

Devo trocar a fralda antes ou após a mamada?

Não existe uma regra, para cada bebê há um momento melhor é preciso que os pais observem para descobrir qual o melhor momento para o seu filho. Normalmente os bebês mamam e logo após a mamada fazem cocô, neste caso o ideal é que a troca seja feita após a mamada, faça a troca com cuidado sem levantar muito as perninhas, lembre-se que ele está com a barriguinha cheia e os movimentos precisam ser calmos e sutis para evitar que o bebê regurgite, senão será leite voltando na certa! Também é comum alguns bebês ainda durante ou no início da mamada fazerem cocô, termine de dar o peito e antes de oferecer o outro peito faça a troca e continue com a amamentação, fazendo isto a barriguinha não vai estar tão cheia, mas mesmo assim é preciso ter os mesmos cuidados para o bebê não regurgitar. Se os pais já perceberam que o bebê não faz cocô após a mamada então é melhor que faça a troca antes da amamentação.

Em alguns casos quando o bebê está com muita fome e chorando muito a troca pode ser feita após a mamada, espere 30 minutinhos que é o tempo do seu bebê arrotar e para o leite não voltar no momento da troca, lembre-se gestos calmos e sem levantar demais as perninhas.

É preciso trocar a fralda durante a madrugada?

As fraldas noturnas tem um boa capacidade de absorção, portanto é necessário trocar a fralda somente se o bebê fizer cocô do contrário não precisa trocar. Se for fazer a troca durante a madrugada procure fazer com a luz praticamente apagada (use uma luz noturna ou abajur), não acenda a luz e não converse com o bebê para ele não despertar.

Posso usar lenço umedecido para limpar o bebê?

Bebês tem a pele muito sensível por isso o ideal é que a limpeza seja feita com água morna e algodão, para facilitar deixe uma garrafa térmica com água morna no local onde habitualmente é feito a troca da fralda. Não é preciso lavar o bumbum do bebê sempre que ele fizer cocô, o uso constante do sabonete pode tirar a camada de proteção da pele e com isto facilitar as indesejáveis assaduras. Deixe os lencinhos para serem usados quando o bebê não estiver em casa, quando for fazer uma visita ao pediatra ou estiver passeando. O melhor lencinho é aquele que não causa nenhuma alergia na pele do bebê.

Posso passar pomada para prevenir assaduras?


As pomadas ou cremes para assaduras formam uma barreira para proteger a pele sensível do bebê, mas não é preciso exagerar, uma fina camada é o suficiente para a prevenção.

Existe dois tipos de pomada para assaduras, a pomada de prevenção e a pomada de tratamento. Nas pomadas de prevenção encontramos componentes que variam entre o óxido de zinco (que dá a cor branca a pomada), vitaminas A e D, calêndula lanolina ou outros óleos. Nas pomadas de tratamento além dos componentes que é encontrado na pomada de prevenção contêm também a nistatina que é um antifúngico, ou seja, a pomada de tratamento é um produto antimicrobiano para ser usada somente no caso de assaduras.

É importante lembrar que tudo o que será necessário para trocar a fralda do bebê deve estar próximo ao alcance dos pais para que o bebê “NÃO FIQUE SOZINHO” no trocador “MESMO QUE SEJA POR SEGUNDOS”.

Espero que tenha gostado, estas são as minhas dicas para você 😉.

Beijos e Até!

 

Comunidade Bebê 123
Vanessa Motta
Vanessa Motta Seguir

Mãe de duas princesas que são a minha vida, Malu e Valentina ❤ Apaixonada pelo companheiro que Deus colocou no meu caminho. Gosto das coisas simples da vida, aquelas que tem um valor inestimável e que só podem ser guardadas no coração.

Ler matéria completa
Indicados para você