[ editar artigo]

Hidroginástica na Gravidez – Conheça os Benefícios

Hidroginástica na Gravidez – Conheça os Benefícios

Manter o corpo ativo durante a gravidez é importante, e segundo educadores físicos e obstetras, a hidroginástica é uma ótima escolha. Mas não só por ser uma atividade física de intensidade moderada, a hidroginástica tem crescido em popularidade. Ficar com o corpo submerso ajuda a aliviar os músculos do peso extra da gravidez, além de diminuir o impacto dos movimentos sobre as articulações.

A água também tem propriedades relaxantes, proporcionando o alívio de tensões. Um estudo realizado pela Unicamp apontou, ainda, que a prática de hidroginástica durante a gravidez pode ajudar a amenizar as dores do parto.

Outros benefícios de praticar a hidroginástica durante a gravidez são:

  • Melhor controle do ganho de peso
  • Reduz risco de diabetes gestacional
  • Melhora a qualidade do sono
  • Alivia as dores musculares da gravidez
  • Melhora a prisão de ventre
  • Libera serotonina no corpo, melhorando o humor e disposição e reduzindo os riscos de depressão pós-parto
  • Reduz inchaços nos pés e mãos, pois melhora a circulação
  • Melhora o condicionamento físico
  • Não há riscos de acidentes envolvendo quedas

Como é a aula de Hidroginástica?

A aula consiste de exercícios aeróbicos, mas realizados com o corpo submerso até a altura do peito. Isso diminui o impacto do exercício e também evita lesões.

Normalmente academias oferecem turmas específicas para gestantes, onde alguns tipos de movimentos serão evitados.

Não é recomendado que gestantes pratiquem, por exemplo, exercícios que comprimam o estômago ou pressionem a região abdominal. O número de saltos também é consideravelmente menor em uma aula para gestantes.

A maioria da aula consistirá de condicionamento aeróbico, alongamentos e aquecimentos. Além disso, entram também os exercícios respiratórios, que diminuem a ansiedade e estresse.

Existem restrições para a prática de Hidroginástica?

A grande maioria das futuras mães podem praticar hidroginástica sem problemas, mas como qualquer esporte, é essencial consultar seu obstetra primeiro.

Algumas gestantes devem evitar a prática: Se você tiver problemas pulmonares ou cardíacos, problemas no colo uterino, apresenta pré-eclâmpsia, histórico anterior de parto prematuro ou aborto espontâneo ou tiver um quadro de placenta prévia ou placenta de inserção baixa, a atividade não é recomendada.

Além disso, algumas precauções devem ser tomadas. Prestar atenção no seu corpo é essencial!

Não é normal em aulas de hidroginástica que a gestante perca o fôlego ou sinta que o exercício é equivalente à corrida, por exemplo. Falta de ar para a mãe pode significar falta de ar também para o bebê. Por isso, sempre faça o teste: Se não conseguir conversar e fazer os movimentos ao mesmo tempo, é hora de parar.

Outro ponto de atenção deve ser a temperatura da água. A elevação excessiva da temperatura no corpo da mulher grávida é prejudicial ao bebê, especialmente nos primeiros meses de gravidez. A água nunca deve passar dos 30ºC.

Finalmente, por mais que exista no senso comum a orientação de não comer antes de entrar numa piscina, é importante não ir para as aulas em jejum.

O ideal é se alimentar cerca de uma hora antes de se exercitar. Não esqueça também de se manter hidratada, ingerindo líquidos antes, durante e depois de qualquer tipo de atividade física.

Como saber quando parar os exercícios?

Fique de olho no seu corpo e cuidado para não exagerar. Por estar submersa, às vezes é difícil perceber a real intensidade do exercício.

Se você apresentar algum dos sintomas a seguir, interrompa os exercícios imediatamente e consulte seu obstetra:

  •        Náusea
  •        Tontura
  •        Sentir falta de ar ou ficar ofegante
  •        Palpitações
  •        Dor no peito ou abdômen
  •        Inchaço excessivo nas mãos, pés ou tornozelos
  •        Mal estar
  •        Visão embaçada ou escurecida
  •        Sangramento vaginal

A hidroginástica é um ótimo exercício para grávidas, e pode trazer muitos benefícios. O importante é que você tenha sempre acompanhamento de um obstetra ao escolher como você vai manter o seu corpo ativo e o condicionamento físico em dia durante a gravidez.

Com todas as precauções tomadas, você pode aproveitar tranquila todos os benefícios da hidroginástica.

Comunidade Bebê 123
Comunidade Bebê 123
Comunidade Bebê 123 Seguir

Redação Bebê 123

Ler matéria completa
Indicados para você