[ editar artigo]

Na hora do lanche escolar, o que levar na lancheira?

Na hora do lanche escolar, o que levar na lancheira?

Está na dúvida em como preparar a lancheira do seu filho? Então vamos lá!

Incentivar uma alimentação saudável é uma tarefa um tanto difícil principalmente quando vivemos nos tempos de fast food. É na infância que ensinamos nossos filhos a criarem hábitos alimentares saudáveis e a escola é uma extensão da nossa casa quando falamos do assunto “ensinar”, então que tal começarmos pelo que seu filho vai levar na lancheira?

Comer alimentos variados, ingerir muitos vegetais e frutas, moderar na quantidade de gorduras e óleos e evitar sal e açúcar fazem parte de uma alimentação saudável e nutritiva, o que não significa que ela deva ser sem graça ou com tantas proibições. O ideal é que o lanche escolarcontenha uma fonte de energia (carboidratos), uma porção de proteínas (lácteos), uma porção de vitaminas, fibras e minerais (frutas ou legumes) e uma fonte de hidratação (bebidas).

O que levar na lancheira?

Para ajudar as mamães com essa dúvida, vamos dar algumas sugestões para o cardápio da lancheira:

Pães: bisnaguinha, pão de fôrma comum ou integral, pão sírio, torradas, pão de leite e bolos simples, feitos em casa.

Recheios: margarina, requeijão, muçarela ou queijo branco (tem menos gordura do que o queijo prato), geleia, peito de peru e presunto magro. Vale lembrar que os frios são muito perecíveis e devem ser consumidos depois de comprados em até três dias.

Frutas: banana, maçã e pêra (com a casca, pois estas frutas escurecem), mamão e melancia são frutas que podem ser cortadas em pedaços e não fica escura, uva (de preferência sem semente), lembre-se de mandar talher para as frutas cortadas.

 Bebidas: os sucos podem ser os naturais, desde que colocados em garrafas térmicas, achocolatados e água de coco.

Dicas

  • Preste atenção na hora da escolha da lancheira ou bolsa térmica, ela deve ser resistente e lavável, faça uma higienização diária com álcool quando a criança chegar da escola e lave a lancheira pelo menos uma vez na semana. Vale também orientar as crianças para evitar o contato direto da lancheira com o chão e a lavar as mãos antes do lanche.
  • Chame as crianças e monte um cardápio junto com elas, converse com os pequenos e descubra as suas preferências, desta forma você pode negociar alguns alimentos e ainda estimular outros.
  • Fique atenta quanto à conservação dos alimentos, as lancheiras e bolsas térmicas garantem a conservação de duas a quatro horas, segundo fabricantes. Colocar a caixinha de suco ou a garrafinha de água congelada na lancheira é uma opção para garantir um resfriamento extra.

Muitas mães não têm tempo necessário para preparar um suco natural ou assar um bolinho caseiro, portanto, não se desespere se tiver de recorrer aos industrializados, hoje é possível encontrar nos supermercados opções razoavelmente saudáveis.

Biscoitos: dê preferência para aqueles com as menores quantidades de gordura e de açúcar possíveis. Os bolinhos com recheio e cobertura devem ser evitados, pois geralmente contêm gordura trans.

Sucos: escolha os de caixinha sem adição de açúcar.

A dica é observar na tabela nutricional do alimento o índice de gordura vegetal hidrogenada, quanto mais elevado, pior.

 

Comunidade Bebê 123
Comunidade Bebê 123
Comunidade Bebê 123 Seguir

Redação Bebê 123

Ler matéria completa
Indicados para você