[ editar artigo]

Ser mãe é a melhor coisa do mundo!

Ser mãe é a melhor coisa do mundo!

Ser mãe é a melhor coisa do mundo! Parece clichê, mas certamente você já ouviu ou falou isto para alguém. Estou longe de romantizar a maternidade, ela é cansativa e por muitas vezes nos deixa louca, e por vezes nos faz sentir culpadas. É porque ser mãe nos faz colocar na bagagem da vida uma responsabilidade enorme, eu diria que o combustível para querer ser e ensinar o melhor sempre.

Você achou a primeira frase familiar, se prepara para esta: “Aproveite para dormir agora, porque depois suas noites nunca mais serão as mesmas”. Meu Deus, como já ouvi e como já repeti essa frase. Verdade! Minhas noites nunca mais foram as mesmas e eu nem espero que sejam mais. Sei que tive noites cansativas acordando a cada três horas na madrugada para amamentar, para medir febre, para confortar a saudade... Foram madrugadas cheias de um propósito maior chamado filhas que me faz hoje ter a certeza que foi uma fase difícil somado a rotina da maternidade, mas as melhores madrugadas que já tive. Como cresci e aprendi com elas.

Ahh... uma coisa tenho que confessar, conheci tanta gente! Para você ter uma ideia, converso todo final de ano com o Papai Noel, sou amiga da fada do dente, do coelhinho da páscoa, já pedi autografo da Ana e da Elsa. Só gente importante!  Desenvolvi toda a minha habilidade vocal, galinha pintadinha fica no chinelo e o Sr. Bita nem se arrisca. Sem dizer que sei contar de traz para frente todos os episódios da Peppa, já conversei com alguns amigos imaginários e até tomei chá com bonecas. Quem diria hein? Fiz só isso, sempre em troca de um sorriso, porque a felicidade das minhas filhas é sempre o meu propósito maior.

Aprendi a cozinhar ou pelo menos a manter uma boa relação com a cozinha, foram comidas de carinha, frutas decoradas, picolé saudável. Mudei hábitos alimentares para ser exemplo, mas também já comi muito chocolate escondida.

Sou a mãe que chora na apresentação da escola, na apresentação de balé, que fica sorrindo como uma boba na feira de ciências, que canta a música da festa junina e até faz pintinhas no rosto para ficar igual as filhas. Mas também me tornei uma leoa, descobri uma força que nem eu sabia que morava aqui dentro.

O tempo voa e daqui uns anos terei eternamente a saudade guardada em caixinhas de momentos felizes e incríveis na memória. Vou lembrar dos bracinhos em volta do meu pescoço e do “Eu te amo” no meu ouvido, porque no final é tudo feito pelo amor incondicional. É ser mãe é sim para mim, a melhor coisa do mundo!

 

Comunidade Bebê 123
Vanessa Motta
Vanessa Motta Seguir

Mãe de duas princesas que são a minha vida, Malu e Valentina ❤ Apaixonada pelo companheiro que Deus colocou no meu caminho. Gosto das coisas simples da vida, aquelas que tem um valor inestimável e que só podem ser guardadas no coração.

Ler matéria completa
Indicados para você