[ editar artigo]

Sintomas e causas da asma em criança

Sintomas e causas da asma em criança

 

A asma é uma doença do trato respiratório que atinge adultos e, no caso, crianças também. Ela é presente em uma porcentagem considerável da população, variando entre 0,7 a 18,7% da população em geral. Dessa porção, cerca de 20% são de crianças portadoras da doença.

Ela é uma doença crônica, ou seja, não tem cura, apenas tratamento. Muitos adultos que apresentam asma hoje foram de pessoas que tiveram asma desde a infância até agora. Ela é uma doença que está presente no mundo todo e a sua prevalência vai variar de acordo com o país.

Quando os pais possuem asma, a chance de uma criança também desenvolver a doença é de 50%. Em outras palavras, a genética pode ser um fator considerável como agente provocador da doença.

Ela consiste em uma mazela onde as vias aéreas da criança ficam bem inflamadas. A asma nas crianças é um cenário ainda mais preocupante, pois como o seu corpo ainda está em processo de desenvolvimento, as suas vias aéreas têm um calibre mais reduzido e isso as deixa mais vulneráveis às inflamações, além de dificultar a passagem de ar.

Esse estreitamento dos brônquios e bronquíolos, além de dificultar a passagem do ar, ajudam na produção de muco.

Sintomas e causas da asma em criança

Não se sabe ao certo as causas da asma em criança. Cada criança pode apresentar sensibilidade a coisas diferentes e com isso a asma pode ter origens diferentes. Essas diferentes causas podem agravar ainda mais o quadro da asma em criança.

Os pais e pediatras devem ficam atentos para perceber o que está causando ou agravando a asma e como evitar o contato com esses agentes causadores.

A asma consiste em uma reação alérgica a algum tipo de agente alérgeno. Quando a criança fica exposta a esse agente, essa substância, os seus brônquios sofrem uma irritação, causando a famigerada crise asmática. Alguns tipos de alimentos, por incrível que pareça, também são capazes de provocar asma.

Entre as possíveis substâncias e alimentos causadores de asma, podemos citar:

  • Ácaros;
  • Poeira;
  • Pólen;
  • Pelos de animais;
  • Fumaça de cigarro;
  • Soja;
  • Ovos;
  • Leite de vaca;
  • Trigo;
  • Peixe;
  • Desinfetante;
  • Tintas;
  • Cheiros fortes;
  • Frio;
  • Determinados medicamentos como aspirina e ibuprofeno;
  • Conservantes alimentícios.

Outras condições podem contribuir para aumentar os riscos de desenvolvimento e agravamento da asma, como locais com mofo e/ou umidade, pais fumantes, fumo durante a gestação, poluição ou ainda genética. Crianças que possuem pais asmáticos também tem mais chances de desenvolver asma.

Com relação aos sintomas, podemos citar:

  • Dificuldade para respirar;
  • Chiado;
  • Cansaço excessivo após alguma atividade física;
  • Respiração muito rápida;
  • Sintomas de constipação;
  • Espirro;
  • Tosse sem cessar;
  • Narinas abrirem no momento da respiração;
  • Afundamento da pele das costelas ao inspirar o ar;
  • Tosse que insiste até a criança vomitar;
  • Tosse persistente durante o período noturno.

Como tratar da asma em criança

Como dissemos anteriormente, a asma não tem cura, mas tem tratamento. Podemos citar as seguintes formas de tratamento:

  • Medicamentos de uso contínuo

Como o próprio nome diz, as crianças, obviamente sob prescrição médica, devem usar os medicamentos continuamente. Esses remédios ajudam a diminuir o grau de inflamação das vias aéreas.

  • Evitar contato com agentes alergógeno

Quando se descobre qual agente alergógeno pode estar causando a asma, os pais devem fazer com que a criança evite contate com o mesmo, diminuindo assim as chances de inflamação.

Cuidando da asma em criança

Os pais devem estar sempre atentos para perceber quando as crianças começam a exibir sintomas que podem indicar a presença de asma. Uma vez feito o diagnóstico, o tratamento deve ser feito à risca e qualquer agravamento do quadro deve ser sempre comunicado ao médico.

 

Publicado por Vanessa Motta

Comunidade Bebê 123
Comunidade Bebê 123
Comunidade Bebê 123 Seguir

Redação Bebê 123

Ler matéria completa
Indicados para você